O que significa o azeite de oliva extra virgem para os consumidores?

O-live April 3, 2018

Extra virgem é o grau de melhor qualidade do azeite de oliva. Como com todos os azeites de oliva virgens, é obtido mecanicamente, sem utilizar produtos químicos ou calor excessivo, e atende a alguns padrões químicos e organolépticos.

 

As características químicas do azeite de oliva extra virgem (como ocorre com todos os azeites vegetais) dão uma ideia do cuidado com qual é feito e armazenado: Como se cultivou, transportou e colheu a fruta, como se extraiu o azeite, e como foi embalado e engarrafado. Os testes químicos também podem ajudar a determinar se o azeite está adulterado. Os padrões químicos para o azeite de oliva extra virgem são os mais altos de todos os graus e, como tal, oferecem uma garantia mínima de qualidade.

 

Além das características químicas, o azeite de oliva extra virgem também tem certas características organolépticas: Não apresenta defeitos de sabor, porém, reconhecer um bom azeite pode ser difícil: Um sabor de azeitonas não significa precisamente um bom azeite. Sabores frescos lembram mais o aroma de tomate verde, grama recém-cortada, alcachofra e banana, entre outros.
 

Tendo dito tudo isso, é importante reconhecer que existem enormes diferenças entre os azeites de oliva extra virgem em termos de qualidade, sabor, aroma, cor, benefícios para a saúde, vida útil, apresentação, e, obviamente, o preço. Os azeites de oliva extra virgem podem ser desde muito delicados e suaves até bastante amargos e picantes. Seu conteúdo de antioxidantes varia consideravelmente, dependendo das variedades e data de colheita (mais precoce ou tardia).

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Top Shop now